quinta-feira, 28 de março de 2013

O quarto


-->
Descrição poética:
Aqui estão, as coisas com as quais convivo, o que respiro diariamente, as lembranças, as cores, os odores e dores… Vejo aquele brinco e me vêm à lembrança um sorriso, um momento, aquele momento em que você acidentalmente gira a cabeça a 90 , e encontra um olhar, e esse milesimo de segundo está guardado, no brinco! Vejo um sapato e lembro de quanto dancei, por onde caminhei… Vejo os óculos escuros e vejo: tudo de novo o que vi através dessas lentes… Sem falar nos livros… Quero lê-los, quero senti-los novamente, cada linha, cada frase, cada palavra composta dentro da minha imaginação a partir daquela história… Olho no espelho e me sinto viva!

Descrição realística (dentro do possível…)
Deus, como essa garrafa de vodka foi parar aí, perto dos livros? Onde raios está o outro brinco?? Como é que eu consegui dançar a noite inteira com esses sapatos? Um está mais torto que o outro!!!! Será que eu caí? MEU DEUS, acho que um cotovelo caiu dentro do meu olho!! Com violência!!!! Vou ter usar óculos escuros a semana toda!!!! Como é que vou ler todos os livros que tenho que ler para terminar meu relatório?? Estou horrível!!! Quero quebrar esse espelho!!!

Descrição mais do que realística:
Quem é que vai arrumar essa bagunça??!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário