quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Abecedário



Amores, abraços, abrigos, ameixas, aliança, beijos, banhos, bandidos, batuques, batidas, corações, carcaças, carros, cabides, cicatrizes, dados, deuses, desejos, divórcio, destino, datas, dados, dardos, elefantes, enlace, entraves, facas, fraquezas, friezas, filhas, folia, ferias, feras, fatos, feridas, flores, fim, gatos, gastos, gelo, girando, hoje, hospital, idéias, ideais, ilusões, ir, jacarés, jantares, jamais, juntos, kilometros, kilogramas, liberdade, lealdade, livros, lenha, loucura, mãos, mapas, malas, mas, manta, maça, mãe, muito, navio, nunca, nada, não, ouvir, ódio, ontem, outono, outra, passado, pai, paixão, partir, pena, pequeno, possível, pouco, presente, quase, quando, quanto, razão, raiva, resto, rancor, saudade, saúde, sarcasmo, sentido, sinto, talvez, tudo, tanto, urgente, urro, um, vaidade, verdade, vem, vento, world, word, xadrez, yoga, zebra.

Palavras, minhas palavras.
Castigo que escolhi: sempre saber o que dizer. Pessoas inteiras dentro de cada uma dessas palavras, deslizam dentro de mim, se confundem comigo, ao mesmo tempo que não se parecem com nada que eu conheça.
Desconheço o descanso do esquecimento. Conheço o encanto  de nunca desistir.

Adeus, antes, ataque, barcos, branca, brinquedo, casa, caminho, cansaço, culpa, dádiva, dia, dúvida…
Sem fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário